Após monitorar as informações que podem impactar sua organização, é preciso compartilhá-las com os demais membros da organização e possíveis steakeholders para a elaboração de estratégias e ações. Por isso, o relatório de cada um dos atos é mais uma funcionalidade à disposição do usuário para facilitar esse compartilhamento dos dados do executivo.  

Iremos apresentar esse relatório exportável dos atos e um tutorial que explicará como o usuário utilizará essa função. 

O Relatório do ato

O relatório, exportado em pdf, tem três principais categorias de informações:
Informações gerais, a classificação realizada do ato e, por fim, uma síntese do conteúdo do ato.
No início do relatório, são apresentadas as informações básicas e imprescindíveis do ato, que informam tanto onde ele está publicado dentro do Diário Oficial da União (data, seção, edição e página) e as informações que qualificam a natureza do ato: órgão, assinatura e tipo do ato. Essas informações são obrigatórias.
As outras duas seções - classificação e informações do ato - são personalizáveis, e escolhidas pelo usuário ao exportar o relatório. Em classificação é possível obter os dados de impacto e posicionamento, e nas informações encontra-se as disposições do ato. 

Como exportar o relatório 

  1. Após encontrar um ato de seu interesse na busca ou no radar. 

  2. Abra o ato. 

  3. Se desejar, classifique o impacto e a posição do ato. 

  4. Clique no ícone de configuração, no canto superior direito.  

  5. Selecione a opção "Exportar". 

  6. Ao selecionar a exportação, o sistema irá abrir uma janela para a seleção dos campos desejados no relatório. 

  7. Selecione as opções desejadas e finalize em "Confirmar".

  8.  O arquivo pdf. está disponível para sua utilização. 

Tem dúvidas ou sugestões? 

Entre em contato pelo chat, por telefone ou no email: [email protected]

Encontrou sua resposta?