Na gestão de risco político e regulatório, entendemos que, por vezes, os dados podem ser volumosos. Nesse cenário, manter as informações segmentadas e classificadas é fundamental para a gestão eficiente e organização das informações, de maneira rápida e simples. 

Justamente por isso, na Sigalei, temos algumas possibildiades de classificações para melhorar a identificação das proposições. E, dessa maneira, obtermos gráficos e análises das principais informações e daquilo que pode vir à impactar sua organização. 

 Dentre essas classificações, podemos apontar Impacto, Posição, Tags e Propriedades. Hoje vamos falar um pouco sobre as propriedades. 

O que é uma propriedade?

Propriedade: Distinção particular de uma coisa de outra; qualidade ou atributo especial a algo (definição formal dicionário).

Na Sigalei as propriedades seguem o mesmo conceito, no qual permite classificar uma proposição de acordo com as especificidades do processo de cada organização.

Por que utilizar as propriedades?

As propriedades permitem que você consiga organizar as suas proposições de acordo com classificações específicas da sua instituição, e, com isso, visualizar e exportar esses dados de maneira estruturada.

As propriedades são classificações pré-definidas pelo administrador da conta no Sigalei. 

Como criar uma propriedade?

  1. Acesse a página "Sua organização" 

  2. Acesse a aba "Propriedades"

  3. Clique em "Adicionar", no canto superior direito da tela. 

Possibilitamos que você adeque as suas classificações de forma flexível na medida das mais variáveis necessidades em relação ao seu interesse de cada proposição.

Ela pode ter 4 tipos diferentes de configuração: texto longo, texto curto, seleção múltipla e seleção.

  • Texto longo: Essa propriedade permite a inserção de “notas” de classificação dentro da proposição, salvando a anotação realizada pelo usuário. Ideal para armazenar textos mais longo, como por exemplo, frases e descrições.

  • Texto curto: Como a propriedade de texto longo, ela permite a classificação com anotações do usuário, mas de textos mais curtos. Ideal para para armazenar textos curtos, como por exemplo, nomes e títulos.

  • Seleção: Escolha essa propriedade para selecionar somente uma opção de uma lista. Ao criar uma propriedade de seleção, o usuário irá definir opções de classificação, criando uma lista. Na utilização, o usuário irá classificar a proposição com UMA das opções.

  • Múltipla seleção: Escolha essa propriedade para selecionar uma ou mais opções de uma lista. Ou seja, ela funciona da mesma forma da seleção. Entretanto, essa funcionalidade permite ao usuário selecionar mais de uma opção da lista criada. 4. Ao definir sua necessidade dentre as opções acima, clique em "Avançar". 

5. Crie um nome e uma descrição. 

6. Adicione as opções de classificação da propriedade. 

7. Defina a permissão da propriedade. Em organização ela ficará disponível em toda plataforma, já em temas, a propriedade ficará restrita à um tema, que será selecionado na criação.  

Como utilizar a propriedade?

Depois de criar suas propriedades, você pode classificar diretamente na página do perfil da proposição.

Depois de classificadas, será possível exportar suas proposições com os dados de propriedades e visualizar gráficos sobre elas.

Alguns exemplos de uso

Você pode utilizar uma propriedade de seleção múltipla para delimitar uma proposição por um tema de interesse (saúde, habitação, infraestrutura), área responsável (equipe técnica, gerência, diretoria) ou relacionar a diferentes atores (instituições, associados, clientes).

Já uma propriedade de texto longo pode ser usada para adicionar um parecer técnico ou uma justificativa de posicionamento.

#DICA SIGALEI

Atribuir propriedades nas proposições, é uma classificação personalizada, que pode ser feita de acordo com o processo da sua organização. Outro ponto interessante, é a facilidade para gerar relatórios em Excel, onde você consegue selecionar as categorias criadas por vocês, facilitando as suas análises.

Tem dúvidas ou sugestões? 

Entre em contato pelo chat, por telefone ou no email [email protected].


Encontrou sua resposta?